Menu fechado

Uber perde briga nos tribunais e vai deixar de operar na Colômbia

A empresa de transporte Uber anunciou que vai parar de operar na Colômbia a partir de 1º de fevereiro. A decisão deve deixar cerca de 88 mil motoristas de aplicativo sem serviço, além de abandonar uma base de aproximadamente 2 milhões de usuários.

Segundo a Reuters, a medida foi tomada após uma decisão judicial tomada em dezembro contra a empresa tomada no país. O judiciário colombiano considerou o serviço uma violação às leis de transporte do país por não respeitar regras de competitividade.

O lado da empresa

Em resposta, a Uber anunciou inicialmente a saída de todo o território colombiano, mas prometeu recorrer da decisão. Ela considerou o veredito “arbitrário” e uma violação de direitos, além de culpar a falta de regulamentação no país pela expulsão forçada.

“Uber foi a primeira companhia a oferecer no país uma forma alternativa de mobilidade inovadora e confiável. Hoje, seis anos depois, a Colômbia é o primeiro país no continente a fechar as portas para a tecnologia”, afirma. Anteriormente, o app foi deixado de lado em países europeus, como a Alemanha, e chegou a funcionar inicialmente sem autorização no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo:

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Veja também:  Nubank contrata chefe de RH americana com passagens por Uber e Twitter

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas