Menu fechado

Uber pede para que racistas excluam o aplicativo – Geek Publicitário

Na última semana, a histórica manifestação que pedia pelo fim da segregação racial nos EUA, a Marcha sobre Washington, completou 57 anos e a Uber decidiu lançar uma campanha para lembrar o acontecimento. Com um recado claro e direto a campanha diz: “If you tolerate racism, delete Uber” (Se você tolera o racismo, delete o Uber, em português). A criação é da Wieden + Kennedy.

A campanha conta com outdoors nas 13 principais cidades dos EUA, além de replicar essa mensagem em suas redes sociais, e-mails e através das notificações do próprio aplicativo da Uber. Além disso, os outdoors também trazem a frase: “Black people have the right to move without fear” (os negros possuem o direito de se mover sem medo, em português).

– Continua depois do anúncio –

A Uber também se tornou patrocinadora da marcha “Get Your Knee Off Our Necks” (Tire seu joelho dos nossos pescoços, em português e que faz alusão ao assassinato de George Floyd) e está disponibilizando um guia da União Americana pelas Liberdades Civis, que fala e dá instruções de como ir às ruas de forma pacífica.

Porém, a Uber reconhece que apesar de apoiar a causa, o preconceito ainda existe dentro de sua própria plataforma. Dessa forma, ela criou uma página especial em seu site, onde irá compartilhar os seus planos de “livrar a sua plataforma do racismo”. Outras duas iniciativas adotadas pela empresa é a criação de um coletivo para identificar possíveis falhas e preconceitos raciais em seus produtos e a expansão de seu programa de estágio e oportunidades através de ONGs parceiras.

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Veja também:  Uber perde US$ 13 bilhões em valor de mercado em dois dias na Bolsa

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas