Uber manda mensagem a usuários: “Se você é racista, a Uber não é para você”| Foto: Divulgação/Uber

Uma campanha lançada pelo aplicativo Uber nesta semana está causando polêmica ao usar frases racistas supostamente coletadas a partir de relatos de motoristas parceiros e usuários do aplicativo. As frases, em forma de peças publicitárias, estão sendo divulgadas em pontos de ônibus, redes sociais e outras mídias e sempre incluem como contraponto o slogan, “Se você é racista, a Uber não é para você”.

Segundo a própria Uber, a proposta é que a campanha seja “educativa”. “Mais do que remover ofensores da plataforma, queremos ajudar a prevenir que esses comportamentos aconteçam”, disse a empresa por meio de comunicado. A intenção, ainda segundo a empresa seria ajudar parceiros e usuários a entender mais sobre o assunto e “refletir sobre suas próprias atitudes”.

O desenvolvimento do conteúdo educativo foi coordenado pela Promundo, uma ONG focada na igualdade de gênero e que já trabalhou com instituições como a ONU, o Banco Mundial e a Organização Mundial de Saúde.