Menu fechado

Uber contra limitações na Madeira

O Director Geral da Uber em Portugal considera que a Madeira
tem a oportunidade de emendar a mão e assim “transformar o TVDE num motor de
crescimento e de melhoria da mobilidade regional”. Basta que apanhe boleia da
recente decisão do Tribunal Constitucional em relação ao regime adoptado para
os Açores e deixe cair desde já a restrição ao número de veículos e de
operadores, limitações introduzidas a partir de 2021.

Os apelos de Manuel Pina foram ouvidos na manhã informativa da TSF-Madeira.

Numa
carta aberta dirigida ao presidente da Assembleia Legislativa da Madeira e ao
chefe do Governo Regional, que pode ler na íntegra na edição de hoje do DIÁRIO, Manuel
Pina lamenta as limitações impostas à mobilidade na Madeira.

Na carta assinada por Manuel Pina há um claro apelo a uma
mudança de atitude de modo a inverter a situação criada a empresas como a Uber,
com o director da plataforma a manifestar total disponibilidade para colaborar
com as entidades regionais e com os diversos players do sector

O Director Geral da Uber em Portugal também aproveita a
missiva para enfatizar os méritos da concorrência no sector da mobilidade, recorrendo a dados do INE.

Resta saber qual será  a
resposta das autoridades regionais aos apelos feitos pela Uber na carta aberta
enviada a Miguel Albuquerque e a José Manuel Rodrigues mas que  também já havia sido comunicada à Procuradora-Geral
da República, à Provedora de Justiça e ao Representante da República para a
Região, Ireneu Barreto.

Veja também:  Justiça do Trabalho determina que Uber aumente proteção a entregadores - Jornal Diário do Aço

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

0 0 votes
Article Rating

Deixe uma resposta

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x