Menu fechado

Uber: Balanço Deve Mostrar Retorno Rápido das Corridas Durante Reabertura | Investing.com

Publicado originalmente em inglês em 05/05/2021

  • Resultados do 1º tri serão divulgados na quarta-feira, 5 de maio, após o fechamento do mercado;
  • Expectativa de receita: US$ 3,3 bilhões;
  • Expectativa de lucro por ação: prejuízo de US$ 0,54.

Os serviços de contratação de motoristas se tornaram um indicador-chave da retomada da vida normal na economia afetada pela pandemia. As solicitações de corridas no ano passado, já que a rápida disseminação do vírus forçou os governos a impor bloqueios e fechamentos em massa de comércios e escritórios.

Essa situação pressionou as ações da Uber Technologies (NYSE:) (SA:), maior empresa de serviços de motoristas particulares do mundo. O papel afundou juntamente com as ações de todos os seus concorrentes.

Mas, com o avanço da vacinação nos EUA e outros países desenvolvidos, as corridas estão voltando ao normal, assim como o fluxo de caixa dessas companhias.

A Uber divulgou no mês passado que suas reservas brutas de março foram as maiores do ano. A unidade de mobilidade da companhia, que opera serviços de motoristas particulares, registrou uma taxa operacional de US$ 30 bilhões em reservas brutas anualizadas naquele mês, enquanto a média das reservas diárias subiu 9% em fevereiro.

Seu segmento de entrega de alimentos disparou na pandemia, ajudando a mitigar o impacto da redução de corridas. O Uber Eats cresceu mais de 150% em março em relação ao mesmo período do ano passado, cruzando a marca de US$ 52 bilhões em taxa operacional anualizada, na medida em que mais pessoas passaram a pedir entregas.

A demanda de corridas está se recuperando mais rápido do que a capacidade da Uber de encontrar motoristas, segundo a companhia, e os pedidos de entrega de alimentos continuam superando a disponibilidade de entregadores. A Uber pretende gastar US$ 250 milhões para fazer os motoristas voltarem às ruas, além de recrutar novos quando a pandemia arrefecer nos EUA.

Veja também:  [Vídeo] (Vídeo 5) Dicas para motoristas iniciantes de UBER

Ameaça regulatória

Há indícios de que algumas das maiores empregadores dos EUA não veem a hora de levar seus colaboradores de volta para os escritórios. O JPMorgan & Chase pretende fazer com que 50% dos seus profissionais retornem aos escritório até julho.

O CEO Jamie Dimon afirmou em um evento do Wall Street Journal:

“Queremos que as pessoas voltem a trabalhar e acredito que, em setembro ou outubro, teremos um cenário já normalizado como antes”.

Apesar das fortes tendências de reservas, o rali nas ações da Uber está perdendo força, na medida em que os investidores mudam suas alocações para ações de valor e saem de nomes de tecnologia de alto crescimento. Os papéis da empresa fecharam o pregão de terça-feira a US$ 53, cerca de 18% abaixo da máxima de fevereiro.

Um fator que está deixando os investidores nervosos é o movimento mundial de reclassificar os trabalhadores parceiros dos aplicativos em funcionários com direitos trabalhistas. O presidente dos EUA, Joseph Biden, prometeu em sua campanha garantir benefícios a esses trabalhadores, enquanto Marty Walsh, secretário do trabalho americano, intensificou na semana passada o debate, dizendo em entrevista à Reuters que “muitos trabalhadores parceiros de aplicativos devem se tornar funcionários dessas empresas”.

Devido a uma lei recente no Reino Unido que exige que as empresas classifiquem os motoristas como empregados, a Uber espera ter um significativo aumento de custos por causa dessas reivindicações e outras despesas relacionadas nos seus resultados do 1o tri de 2021.

Mesmo assim, a Uber afirma que está trilhando o caminho da lucratividade em números trimestrais ajustados antes de impostos, depreciação e amortização em 2021. O Wells Fargo Securities disse em nota que atualizou as ações da Uber para overweight (acima da média), ao considerá-las como uma oportunidade de longo prazo. Seu valor “continua associado a tendências de crescimento que terão continuidade por muito tempo após o fim dos distúrbios causados pelo coronavírus”, escreveram analistas do Wells Fargo em um comentário.

Veja também:  [Vídeo] DELEGADO DA CUNHA MOTORISTA DE UBER E IGUAL POLICIAL #SHORTS

Conclusão

O modelo de negócios da Uber se mostrou muito resiliente durante um dos maiores choques econômicos dos nossos tempos. A companhia tem boas condições de prosperar no ambiente pós-pandemia, em que sua unidade de entrega de comidas continuará gerando fortes fluxos de caixa, enquanto as corridas voltam a registrar ritmo acelerado.

 

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

0 0 vote
Article Rating

Deixe uma resposta

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas