Menu fechado

Professora vira motorista de aplicativo para presentear alunos

Renee Dixson é motorista de aplicativo nas horas vagas para presentear alunos (Reprodução/Redes sociais)

Uma professora resolveu fazer horas extras como motorista de aplicativo para comprar presentes de Natal para seus alunos. A bela história aconteceu em Indianápolis, nos Estados Unidos. “Sempre quis ser aquele professor que nunca tive”, disse Renee Dixson, professora e diretora pré-escolar na Igreja Batista de Lynhurst. As informações são do WTHR.

E é isso que Dixson tem feito a cada chance que tem com os cerca de 50 alunos da escola. “Somos a primeira educação que eles vão receber”, disse ela. As aulas deste ano foram difíceis, principalmente as fora da sala de aula. Os alunos de Dixson estão vivendo e aprendendo em meio a uma pandemia, e muitos de seus pais estão lutando para sobreviver.

“Pessoas que nunca pensaram que teriam que ir a um banco de alimentos e agora alguns dos meus parentes vão”, disse Dixson sobre as dificuldades que está enfrentando. O dinheiro que poderia ter sido gasto na compra de alguns presentes de Natal este ano agora vai pagar as contas.

“Essas crianças, o mundo delas virou de cabeça para baixo, não é culpa delas e eu sei que algumas delas não ganharão presentes no Natal”, disse Dixson. Sua missão é evitar que isso aconteça. Todas as sextas-feiras, quando as aulas acabam, ela pega o carro e vai às ruas, levando clientes do Uber durante todo o fim de semana para que ela possa ganhar dinheiro para comprar presentes para seus alunos.

Escritório cheio de presentes

“Eu sei o que é sentir-se triste quando criança porque seus pais não têm nada”, disse Dixson. Ela não perdeu tempo em estocar presentes. Cada vez que ela ganha 100 dólares (cerca de R$ 510) com seu trabalho como motorista, Renée para em uma loja, e vai às compras. “Eu os coloco no meu porta-malas, saio e dirijo novamente”, disse ela. Seu escritório na escola já está começando a se encher de presentes. “É muito trabalho, é um trabalho árduo, mas eles merecem”, disse Dixson.

Veja também:  [Vídeo] DIA A DIA -# UBER VLOG

As horas extras trabalhadas não são apenas para as crianças da escola ganharem presentes. Ela quer que os professores que trabalham sob sua supervisão também tenham algo. “Meus professores têm sido maravilhosos e eu queria dar a eles algo para dizer obrigado”, disse Dixson. “Todo mundo sempre me disse que eu tenho um grande coração. Eu disse: ‘Não, eu adoro crianças’”. Dixson estará dirigindo até a véspera de Natal, se for preciso. “Tenho que fazer isso porque, se não fizer isso por essas crianças, vou decepcioná-las”, disse ela.

Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018 e 2019) e Sindibel (2019).

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas