Menu fechado

Motoristas de Florianópolis afirmam que Uber não está pagando corridas – ND

Alguns profissionais estiveram na sede da Uber na Capital nesta quarta (27) e relataram que estão transportando passageiros, mas não recebem pelo serviço; empresa diz estar verificando a situação

Motoristas da Uber, de Florianópolis, vêm enfrentando problemas com o pagamento das corridas realizadas. Em contato com a reportagem do ND+, um profissional, que preferiu não se identificar, alega que realiza as corridas, mas não recebe os valores em sua conta. O problema começou há pouco mais de duas semanas.

Motoristas que não foi atendida reclama na entrada do local. PM chegou a ser acionada por um dos profissionais – Foto: Divulgação/ND

O profissional realizou uma reclamatória na sede da empresa, no bairro Estreito, na manhã desta quarta-feira (27).  “O número da minha conta no banco foi alterado. A partir daí comecei a ter problemas no repasse do valor”, conta o motorista.

“A Uber está desconfiando de algumas contas e alegando que está havendo fraudes e roubos de contas. Eles alegam que é falha de dados bancários. Você tenta atualizar sua conta no aplicativo, porém, não é possível”, explica o profissional.

O motorista conta que, após ir até a sede da Uber, um funcionário da empresa desbloqueou a conta e informou que o valor será ressarcido nos próximos dois dias.

A principal reclamação dos motoristas é que, caso não tenham agendado horário, eles não são atendidos no local, o que torna a resolução do problema mais complicada, uma vez que dependem da disponibilidade de datas livres.

“Eu consegui marcar para hoje [27] por sorte, mas colegas estão relatando que só há novas datas a partir do dia 2 de fevereiro”, relata.

“Questionei se não posso fazer o desbloqueio no aplicativo e disseram que não dá. Tem gente que paga aluguel de carro e aí faz o que? Tiveram outros que foram desligados da plataforma. A grana toda deles está bloqueada, tem gente que depende disso para sobreviver”, reclama o profissional.

Veja também:  [Vídeo] Mensagens de Marcela Temer, violência no Uber Brasil e + [CT News]

Cerca de sete motoristas foram à sede da empresa na manhã desta quarta-feira. Uma profissional que veio de Blumenau para tentar realizar o desbloqueio não havia agendado horário e não chegou a ser atendida, segundo relato dos motoristas.

A empresa tem duas sedes no Estado, em Florianópolis e em Joinville. Segundo os profissionais, eles teriam sido informados pela empresa que o bloqueio se trata de uma “falha global”.

Devido ao problema, o profissional, que trabalha há dois anos com a Uber, conta que tem realizado corridas por outros aplicativos. “Possível resolver é. O problema é o prazo de agendamento, estamos todos indignados”, afirma.

Imprevisto no repasse

A reportagem teve acesso ao e-mail enviado pela plataforma a um dos motoristas que fizeram a reclamação. Segundo a empresa, houve um “imprevisto no processamento do repasse de ganhos de alguns motoristas e entregadores parceiros”.

A empresa segue afirmando que corrigirá o problema e que o motorista ouvido pela reportagem vai receber o repasse do valor nesta quarta-feira.

E-mail recebido e valor bloqueado pelo motorista – Foto: ReproduçãoE-mail recebido e valor bloqueado pelo motorista – Foto: Reprodução

O que diz a Uber

A reportagem entrou em contato com a Uber para esclarecer as reclamações dos motoristas e foi informada de que “ainda não haviam recebido algo do tipo”. A empresa alega que está verificando a situação.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas