Menu fechado

Motorista de Uber se recusa a pegar passageira transexual e é desligado do aplicativo

“Não tinha porque ele fazer isso, eu seria uma passageira como qualquer outra. Me senti muito agredida”. Esse é o desabafo de Darllen, uma transexual de 28 anos, que contou ao BHAZ como foi constrangida pela atitude de um motorista da Uber. Ela relata que o homem passou direto quando viu que a passageira era trans. A publicação da jovem, contando o ocorrido, repercutiu nas redes sociais e a Uber desligou o profissional.

Junto ao relato, Darllen publicou prints da conversa com o motorista. No diálogo, ele pergunta se ela é “travesti”. “Desculpe, mas não dá”, acrescenta. O caso foi registrado no Rio de Janeiro, no último domingo (8).

Darllen conta que depois da situação, ela passou a ter muito receio de usar o Uber. “Eu nunca tive problema, a minha avaliação no aplicativo é boa. Antes, eu sentava na frente, agora eu só vou atrás, peço para minha mãe esperar o carro comigo. Fiquei com muito medo”, lamenta.

“O que falta nesse país, é um pouco de respeito. O motorista não está faltando respeito só comigo, está faltando respeito com todas as trans. Hoje em dia tem muito preconceito com trans, por algum motivo as pessoas não respeitam”, desabafa.

Procurada pelo BHAZ, a Uber diz que lamenta muito a discriminação que Darllen enfrentou. “Assim que tomamos conhecimento da denúncia, bloqueamos o motorista do nosso aplicativo”, acrescentou a empresa, que também respondeu ao post da cliente no Twitter.

Veja também:  Uber aceitará pagamento em dinheiro em Fortaleza a partir do dia 11

https://platform.twitter.com/widgets.js

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas