Menu fechado

Dois são presos por suspeita de sequestrar motorista de aplicativo e usá-lo para atrair e roubar …

Um motorista de aplicativo foi sequestrado e usado para atrair um taxista, que também acabou retido por criminosos, em Arujá, nesta sexta-feira (10). Segundo informações da Polícia Militar, a família de uma das vítimas chegou a pagar R$ 9 mil como resgate. Dois suspeitos foram presos.

De acordo com a polícia, as vítimas foram encontradas depois que dois suspeitos foram detidos durante uma abordagem na Rua Rodrigues Alves, na região central. Um deles levava um revólver calibre 38 e quatro munições, além de diversos pertences que, segundo a PM, pareciam roubados.

Após a detenção dos homens, os policiais pediram apoio. Um pedestre então teria dito à polícia que viu os suspeitos descerem de um carro estacionado em uma próxima e que dentro dele havia um rapaz debruçado no banco de trás, aparentando estar em choque.

O rapaz era um motorista de aplicativo, que disse aos policiais que estava sendo refém pelos suspeitos desde a noite de quinta-feira (9). Ele afirmou, conforme informações da PM, que havia sido levado para o bairro Chácara Copaco onde foi usado para atrair um taxista, que também foi retido.

A segunda vítima, por sua vez, contou aos policiais que foi até Arujá para negociar a compra de um veículo e marcou para fazer a transação em um sítio. No local encontrou com o motorista de aplicativo que, mediante ameaça dos suspeitos, o atendeu.

O taxista relata que também acabou sendo sequestrado por cerca de 5 ou 7 pessoas e mantido em cárcere no mato. Ao perceberem que ele estava sem o dinheiro para a compra do suposto veículo, os suspeitos pegaram o celular dele e pediram resgate para a família, que teria depositado R$ 9 mil.

Veja também:  Montadoras abandonam 'guerra' e se unem a empresas de tecnologia

Em seguida ele foi liberado e andou até a Rodovia Presidente Dutra onde conseguiu uma carona de volta para Santa Isabel. Quando chegou na delegacia da cidade para registrar a ocorrência, ele foi informado que dois suspeitos haviam sido presos em Arujá e foi encaminhado de volta.

O taxista reconheceu o motorista de aplicativo, como sendo o homem que o atendeu no sítio, os suspeitos e seus pertences. Os dois homens ficaram presos e o caso foi registrado na Delegacia de Arujá.

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas