Menu fechado

Da Uber Eats à Deliveroo: Ações recuperam em véspera de apresentação de proposta regulatória a Bruxelas

As ações das plataformas de transporte e de entrega de comida recuperaram esta terça-feira, em vésperas da apresentação de uma proposta da Comissão Europeia agendada para o dia 9 de dezembro, que definirá os moldes em que os motoristas destas empresas serão classificados legalmente, de acordo com a ‘Reuters’.

Segundo o ‘Financial Times’, a proposta irá, como esperado, colocar o ónus da prova nas empresas e não nos trabalhadores.

Um porta-voz da Comissão Europeia recusou-se a a prestar declarações até à sua publicação na quinta-feira.

As ações da Just Eat Takeaway.com da Holanda subiram 6,3%, as do Delivery Hero da Alemanha cresceram 4,5 e as do Deliveroo da Grã-Bretanha subiram 1,9%, revertendo quebras semelhantes ontem, segunda-feira. Nos EUA, as ações da Uber encerraram nos 38,49 dólares.

De acordo com analistas do Citi, a Deliveroo está fortemente exposta às mudançam propostas no documento, enquanto a maior rival europeia Takeaway já usa um modelo de emprego.

Atualmente, os trabalhadores da “gig economy” na Europa são normalmente considerados independentes, isentando as empresas da obrigação de pagar-lhes um salário mínimo ou dando-lhes licença por doença ou férias.

No entanto, uma série de decisões judiciais na Holanda, Grã-Bretanha, Itália e Espanha nos últimos dois anos vieram pôr em cheque essa situação.

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

0 0 votes
Article Rating

Deixe uma resposta

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x