Menu fechado

Comissões cobradas aos restaurantes limitadas a 20% e taxas de entrega sem aumentos. Uber está contra – Dinheiro Vivo

Com os restaurantes a preparar-se para voltar a encerrar, limitados apenas ao regime de take-away e entregas ao domicílio, as medidas divulgadas pelo Governo estabelecem limites nas taxas e preços destes serviços.

É indicado que as comissões cobradas aos restaurantes pelas plataformas estarão limitadas a 20%. Também fica estabelecido que as taxas de entrega das refeições não poderão aumentar neste período.

Já em relação ao gás engarrafado (GPL), está inscrita a medida de que este estará sujeito a preços máximos.

Estes limites nas taxas e preços já eram contemplados no decreto do estado de emergência enviado esta terça-feira por Marcelo Rebelo de Sousa à Assembleia. “Prevê-se (….) a possibilidade de intervenção na limitação de preços de certos produtos e serviços, como o gás de garrafa ou as entregas ao domicílio, a fim de evitar especulação.”

No final do ano passado, as comissões cobrados por plataformas como a Glovo ou a Uber Eats foi alvo de críticas. De acordo com uma análise da Deco Proteste, o acordo entre as plataformas e os restaurantes variava entre os 15 a 30% de comissão na Uber Eats. Já na Glovo a percentagem poderia chegar mesmo aos 35%.

Uber Eats afirma que “medidas tornam serviço menos acessível para consumidores”

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas