Menu fechado

Cabify anuncia saída do Brasil

O Cabify, aplicativo espanhol concorrente da Uber e da 99, anunciou nesta sexta-feira, 23, que irá encerrar as atividades no Brasil no dia 14 de junho devido à baixa rentabilidade de seus serviços diante do cenário da pandemia no país.

A startup atuava em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Campinas, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Santos e São Paulo.

“O mercado brasileiro ainda é muito afetado pela grave situação sanitária do país e pela crise sócio-econômica local causada pela Covid. Este contexto dificulta a criação de valor e tem levado a empresa a parar sua operação no Brasil”, justificou a Cabify em nota.

Conforme o Estadão, a startup disse que os motoristas, passageiros e empresas clientes foram informados de sua decisão e que agradece a confiança que obteve desde sua chegada ao Brasil, em 2016.

No ano seguinte, o grupo comprou a plataforma Easy Taxi e, em 2019, o serviço de táxis foi absorvido pelo app Cabify. A companhia ainda chegou a oferecer voos de helicóptero com a Voom, uma subsidiária da Airbus, e tentou se aventurar na onda dos patinetes.

Também em 2019, como aponta o site Terra, a Cabify anunciou um investimento de US$ 20 milhões no país, mirando os cinco anos seguintes. 

De acordo com o jornal O Globo, a Cabify enfrentava dificuldades há anos em obter adesão de usuários e de motoristas no Brasil, em parte porque suas tarifas eram, na maioria dos casos, superiores às cobradas pelos principais concorrentes.

Dos motoristas, o aplicativo também exigia carros mais novos do que as demais plataformas de mobilidade.

No anúncio de hoje, a multinacional também comparou o nível de recuperação da operação brasileira com o de outros países em que opera. 

Veja também:  CEO do Uber diz que pode fechar operações na Califórnia - Canaltech

“Todas as cidades da América Latina e da Espanha onde Cabify está presente mostram bons índices de recuperação em comparação com o nível de atividade anterior à pandemia e, em média, a demanda global de viagens da Cabify se recuperou em 75% até o final de 2020. Além disso, em alguns mercados, 100% da demanda foi reativada durante os primeiros meses de 2021”, diz a nota.

O aplicativo vai manter suas operações na Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México, Panamá, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Criada em 2011 em Madri, por Juan de Antonio, presidente mundial da holding Maxi Mobility, a Cabify está presente em mais de 85 cidades com mais de 1 mil empregados diretos. A empresa tem mais de 33 milhões de usuários, 400 mil motoristas e 65 mil empresas como clientes corporativos.

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

0 0 vote
Article Rating

Deixe uma resposta

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas