Menu fechado

Ana Paula, motorista de Uber, exige sua bolsa para continuar a estudar Direito em Franca – GCN



N. Fradique/GCN

Universitária Ana Paula reclama na Câmara Municipal de Franca de corte no Bolsa Universidade


A estudante Ana Paula Pereira Rigo, 34 anos, da Faculdade de Direito de Franca (FDF), recorreu à Câmara Municipal de Franca para denunciar um corte de benefício no programa Bolsa Universidade. O benefício é concedido pela Prefeitura, através da Secretaria de Educação.


 

Aluna do terceiro ano, Ana Paula disse seu cadastro passou por uma reavaliação em outubro, e que foi surpreendida com o corte. “Eu passei por um processo de reavaliação neste ano, e simplesmente cortaram minha bolsa sem explicações”, disse ela.

“Solicitei esse processo administrativo que indeferiu minha bolsa, e não me deram uma resposta concreta. Eu recorri, mesmo assim não obtive retorno, e o prazo terminou ontem (segunda-feira, 22). Eu sigo todos os requisitos socioeconômicos do edital. A Prefeitura não me informou o motivo do indeferimento.”


 

A estudante, que mora no Residencial Bernardino Pucci, zona Norte de Franca, disse que tem três filhos e que seu sonho é terminar o curso. “É um sonho terminar o curso, e ainda resta quase a metade. Só consigo continuar meu curso com a ajuda que vem através da bolsa. Eu perdi o emprego durante a pandemia, e neste ano optei financiar um veículo para trabalhar de Uber para me manter”.

Ana Paula paga um terço do valor da mensalidade do curso, que atualmente é em torno de R$ 900 no total. Uma parte é bancada pela Prefeitura, outra pela faculdade e outra pelo aluno. “Protocolei um pedido junto à faculdade pedindo para manter o valor da bolsa até que essa questão seja resolvida.”


 

A universitária disse que a Prefeitura ficou de informar sobre o recadastramento aos alunos via e-mail e por edital. Como os universitários não receberam nenhuma mensagem por e-mail, a própria Prefeitura publicou novamente o edital dando maior prazo aos alunos para apresentarem a documentação.

Veja também:  Cabify inova e facilita seu deslocamento

“Como muitos alunos, eu também perdi o prazo no primeiro edital (10/08/21), mas entreguei toda a documentação dentro do segundo prazo (31/08/21) estipulado no edital”, destacou Ana Paula.


 

A Prefeitura foi procurada para esclarecer sobre a questão do corte da Bolsa Universidade de Ana Paula, e deu a seguinte resposta:

O estudo social realizado demonstrou que Ana Paula contraria o que estabelece o item 1.4 das condições de permanência do estudante bolsista, que tratou o edital do processo de reavaliação (Edital nº 010, de 31 de agosto de 2021). “Preencher os requisitos para fazer jus ao benefício do programa, mantendo situação sócio econômica compatível com perfil do estudante bolsista, sem mudanças significativas no patrimônio do estudante ou grupo familiar”. 

Reportagem Original


Caso ainda não conheça nossa comunidade, o Mundo Uber tem um fórum onde os membros podem interagir e postar dicas e dúvidas para os demais motoristas de aplicativo. Para acessar o fórum, é bem simples, basta clicar nesse link:
https://mundouber.com/forum/

0 0 votes
Article Rating

Deixe uma resposta

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x